quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

(Inter)ação: Literatura, amor (In)coerência!

GustaveCaillebotte_JourDePluieÀParis.jpg


É muito irônico mesmo, Baudelaire, um Flâneur "orientando" a escrita de minha monografia!!! 

[Inter]ação: Literatura, amor [In]coerência: 
No personagem francês Flâneur (Baudelaire), encontrarei subsídios para interpretar a obra de um literato argentino (Ernesto Sabato) com contribuições do alemão Walter Benjamin!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

" Vem, cara, se declara. O mundo é portátil pra quem não tem nada a esconder..."